41McrnnZB4L._SX332_BO1,204,203,200_.jpg

Educação a Distância no Ensino Superior: metodologias ativas - volume 3

Querte T. C  Melecke (Org.)

Sinopse: O leitor deste volume encontrará artigos desenvolvidos por muitos estudiosos da área da EaD, os quais, mesmo dispersos geograficamente, foram reunidos pela organizadora, nos agraciando pela sabedoria e oferecendo uma riqueza de estudos, novas ideias e experiências no tocante desta temática. O estudo sobre a Educação a Distância vem ganhando força e buscando novas alternativas para que o processo de ensino e aprendizagem seja cada vez mais efetivado. Neste cenário, foca-se nesta coletânea, além de outros estudos apresentados, as diferentes metodologias aplicadas para EaD. As metodologias ativas estão representadas através dos estudos da aprendizagem Moodle com o uso da Gamificação, os recursos tecnológicos para a sala de aula invertida; o uso do Google Classroom como apoio a sala de aula invertida; o uso do Arduíno promovendo a construção de novos conhecimentos; a integração do ambiente virtual de aprendizagem com o sistema de gestão; as competências coletivas do aluno da EaD e a importância da tutoria na EaD. Além destes trabalhos, destaca-se também as políticas públicas de inclusão social e digital e a acessibilidade Web como fator propulsor da Inclusão Informacional e Digital, apresentados pela Universidade Pedagógica de Moçambique.

Educação a distância no ensino superior - volume dois

Querte T. C  Melecke (Org.)

 

Sinopse: Contribuindo para um cenário de estudos e pesquisas, este livro apresenta uma coletânea de artigos que convida o leitor a refletir sobre: as gerações virtualizadas do ensino superior; a influência das condições institucionais no desenvolvimento de competências eletrônicas dos professores; a aprendizagem colaborativa mediada pelas tecnologias; o uso do Classroom na área médica contribuindo para a construção da aprendizagem mediada pelas tecnologias; a avaliação do ensino superior e a sua relação com a política de expansão e a avaliação da qualidade em EaD; cartografia da produção de subjetividade em ambiente virtual de aprendizagem: os afetos como dispositivos interpretativos; a trajetória da educação a distância em Portugal; educação a distância no Brasil: Um presente e um futuro, tomara híbrido; metodologia dos desafios: problematização e sentido em ambientes virtuais de aprendizagem; movimentos da oralidade nos ambientes virtuais de aprendizagem; o uso de tecnologias da informação e comunicação no ensino universitário a distância e TPACK Artes Visuais como base para percurso de empoderamento tecnológico na prática pedagógica em Artes Visuais. 

Educação a distância no ensino superior: teoria e prática - volume um

Querte T. C  Melecke (Org.)

 

Contribuindo para um cenário de estudos e pesquisas, este livro apresenta uma coletânea de artigos que convida o leitor a refletir sobre: as gerações virtualizadas do ensino superior; a influência das condições institucionais no desenvolvimento de competências eletrônicas dos professores; a aprendizagem colaborativa mediada pelas tecnologias; o uso do Classroom na área médica contribuindo para a construção da aprendizagem mediada pelas tecnologias; a avaliação do ensino superior e a sua relação com a política de expansão e a avaliação da qualidade em EaD; cartografia da produção de subjetividade em ambiente virtual de aprendizagem: os afetos como dispositivos interpretativos; a trajetória da educação a distância em Portugal; educação a distância no Brasil: Um presente e um futuro, tomara híbrido; metodologia dos desafios: problematização e sentido em ambientes virtuais de aprendizagem; movimentos da oralidade nos ambientes virtuais de aprendizagem; o uso de tecnologias da informação e comunicação no ensino universitário a distância e TPACK Artes Visuais como base para percurso de empoderamento tecnológico na prática pedagógica em Artes Visuais. Tais reflexões contribuem para que a educação a distância seja, cada vez mais, uma modalidade de ensino que se preocupa com a aprendizagem, com a construção de novos conhecimentos valorizando a educação como um todo, independente da modalidade e dos recursos.  

Inovações Pedagógicas e Coreografias Didáticas: das Tecnologias e Metodologias às Práticas  

Maria Auxiliadora Soares Padilha  | Querte Teresinha Conzi Mehlecke  (Orgs.)

Sinopse: A proposta temática desta publicação, a qual reúne uma coletânea de artigos de pesquisadores de mestrado e doutorado do Grupo de Pesquisa Laboratório de pesquisa e Prática em Educação, Metodologias e Tecnologias (Educat/UFPE/CNPq), do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica
(PPGEDUMATEC), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), é levar ao leitor a oportunidade de conhecer estudos e experiências sobre as coreografias didáticas e institucionais, o uso das tecnologias digitais na educação, as práticas inovadoras no ensino universitário, o ensino híbrido, sala de aula invertida, formação de professores, o engajamento estudantil e uma grande preocupação com o fazer pedagógico do docente e as aprendizagens profundas e significativas.

ESB Frontcover.jpg

Educação superior no Brasil: duas décadas de avanços e retrocessos

Geraldo Ferreira da Paixão

Sinopse: Apresenta inquietações e questionamentos do autor sobre a educação superior no Brasil, ques-tão diretamente ligada a seu fazer, como professor universitário. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental, contendo dados e análises que respondem a indagações de professores e profissionais que atuam, tanto na graduação quanto na pós-graduação. Representa uma importante contribuição, por fornecer elementos e dados essenciais para a compreensão e o avanço das discussões sobre os rumos do ensino superior. Apresenta, inicialmente, um panorama geral da implantação das primeiras universidades, da criação de órgãos de regulamentação e deliberação superior, bem como dos tipos de instituição, cursos e programas desenvolvidos. Aborda a questão do ensino-aprendizagem, ressaltando o papel do docente e a importância do seu nível de qualificação, como recurso para alavancar e assegurar padrões de qualidade ao ensino. Logo após, focaliza o aumento do número de vagas na educação superior, a democratização do ensino, a questão do acesso, o direito à educação e políticas de inclusão.

Saberes plurais:  educação, leitura e escola

Andréa G. Bottino Rodrigo da Costa (Orgs.) 

Sinopse:  Os  ensaios que compõem este livro resultam de discussões de sala de aula ou de pesquisas realizadas em universidades, com especial relevo para as questões da prática pedagógica em si, mas, também, como instrumento precursor de importantes novos procedimentos críticos, característicos dos saberes plurais defendidos, fundamentalmente, pelos teóricos da atualidade. Os protocolos da educação, em seus vários vieses, neste livro, e cenário paradoxal de grandes e perversas transformações, apresentam-se como indagação, discussões mediadas por metodologias diversas e interdisciplinares. Nessa ótica, os colaboradores desta coletânea, especialistas em sua respectiva esfera dos estudos de educação, estimulam a ampliação do horizonte dos debates nessa área, tentando esboçar a dinâmica e os cenários culturais em que formas distintas se afirmam hoje como um projeto em que a educação desenha e desempenha um papel criativo fundamental. As variadas abordagens que sinalizam a diversidade e a complexidade das estratégias usadas na articulação entre educação e outros saberes estimulam, antes de mais nada, o diálogo e a reflexão em torno da questão dos saberes plurais em qualquer pesquisa. 

preview.jpg

Tecnologia e ensino: compartilhando experiências de sala de aula

Valdemir Melo de Souza

Sinopse: A presente obra discute os recursos e os aplicativos presentes no cotidiano dos alunos para atividades que explorem a oralidade, escrita, multimodalidade e o estudo dos gêneros textuais, além de refletir sobre os fenômenos recorrentes com o surgimento das mídias digitais. Discorre também sobre o fenômeno dos youtubers e seu crescimento vertiginoso, o papel do professor como youtuber, as implicações dessa nova figura professoral e do aluno youtuber, dando sugestões de como direcionar tais canais para fins de ensinoaprendizagem. Por fim, apresenta um estudo com sugestões de trabalho em sala de aula acerca do fenômeno fake news. Discorre ainda sobre o papel da afetividade e da tecnologia, o lugar que cada uma delas ocupa, suas influências e nuances no com-portamento da atual geração, bem como influências dessas duas áreas de atuação no ensino-aprendizagem de línguas. Com cada ferramenta, é apresentada sugestões de trabalho em sala de aula, refletindo os usos de cada uma delas na aprendizagem dos alunos.

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

© 2020 EDITORA CAJUÍNA

contato@editoracajuina.com.br 
Cotia - São Paulo, SP