A INVISÍVEL PRESENÇA DO SER: DIÁLOGOS ENTRE CÉZANNE E MERLEAU-PONTY

A_invisível_presenca_do_ser_cover.jpg

Tiago de Jesus Sousa


ISBN: 978-65-86270-29-7

Editora Cajuína

Edição: 1a

Formato: 16x23cm

2020

130 páginas

Paul Cézanne, um dos maiores pintores modernos, chamado por Pablo Picasso de «O Grande Mestre», é tomado nesse livro como a referência fundamental de ruptura com a arte, a ciência e a filosofia clássicas. O livro descreve como Maurice Merleau-Ponty vê na obra do pintor uma possibilidade de superação de uma filosofia que não leva em consideração o contato primordial com o mundo e o transforma em pensamento. Cézanne habita o mundo e faz parte dele, por isso não precisa pensá-lo para pintar, mas apenas vivê-lo. A construção da expressão na tela é realizada por Cézanne por meio de uma promiscuidade entre o visível e o invisível que possibilita, por um ato criador, a experiência do Ser enquanto presença

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

© 2020 EDITORA CAJUÍNA

contato@editoracajuina.com.br 
Cotia - São Paulo, SP