LANÇAMENTOS

A COISA MUITO ALÉM DO CORAÇÃO SELVAGEM DA VIDA
Silas Corrêa Leite
ISBN 978-658627051

Sinopse :Este livro narra a história de um rapaz que desde a infância pobre viveu o inferno na terra, mesmo tendo um forte nome de registro. Malcuidado, mal-amado e carente, teve que aprender a sobreviver por si mesmo a duras penas. Tendo pesadelos, vendo lendas de terror na web, queria ser uma “Máquina Mortífera”, como no filme violento, para tentar fazer justiça com as próprias mãos, e com loucos planos de fugir, sumir no mundo, com sua usada mochila do Homem-Aranha e um skate com adesivos de propagandas de refrigerantes. Um dia garra a floresta atlântica, a Serra do Mar, mata cerrada da Grande SP. Perambula no ambiente fechado, tentando sobreviver mal e porcamente, pouco se lixando para riscos, ou se a morte o caçasse, pois assim deixaria de ser um peso morto para o pai insensível, já que a mãe sumira de sua vida, o deixara sozinho, e sua querida avó morrera. 

A ÁRVORE QUE VEIO DE LONGE

Jana Bodnárová 

20 páginas

Sinopse: A árvore que veio de longe (20 páginas, Cajuína, 2021) narra a história de um velho – sentado no galho de uma sequoia – que toca flauta de cana e conta a história dessa mesma árvore, que veio de muito longe: uma pequena semente de sequoia foi varrida e carregada por fortes ventos e tempestades de sua terra natal na China até o frio iceberg do Norte, que estava viajando pelos oceanos. A semente posteriormente pousou no continente europeu e foi ajudada pela força do vento e pela força quente do sol. Uma bela árvore de sequoia cresceu desta sementinha, como um milagre, e o “estrangeiro-árvore” passou a ser admirado e recebido calorosamente por todos.

MÍNIMAS DÍZIMAS

 J. B. de Souza Freitas
2021
360 páginas 

Sinopse: Mínimas Dízimas (Cajuína, 2021) são fragmentos independentes compõem um painel que a passagem do tempo e a recorrente intervenção de ocasionais personagens interligam. À moda de um realismo caçâmbico ou reciclado, Mínimas Dízimas assim opera tanto na recolha e processamento do material quanto na apropriação pela narrativa de expressões fixadas nas falas. De inspiração benjaminiana, paga necessário pedágio ao regionalismo e ao paulistanês e carrega pequeno toque borgiano: seu título foi sugerido por um sonho. Bel pasticciaccio, eh?

BENJAMIN & ADORNO: CONFRONTOS

Flávio R. Kothe

 

Sinopse: O texto do Prof. Kothe configura-se como um campo magnético em que os dois polos são as obras dos dois teóricos alemães. Ao nível das voltagens geradas pela fecundação entre o pensamento de ambos, trava-se a discussão de convergências e divergências [...]. No processo de circunscrever as áreas em que as formulações de um e de outro críticos extrapolam, ou em que se iluminam mutuamente, vai-se estruturando um quadro em que são privilegiadas a figura e a produção de Walter Benjamin, frisando-se sempre o seu papel de originador ou inseminador de uma ampla galáxia conceptual, de aplicação mais específica ao domínio da Estética, mas que cobre, igualmente, múltiplos setores da cultura e da indagação contemporâneas: a Sociologia, a Política, a crítica das ideologias, a Filosofia da religião, a Simbólica (mais no sentido freudiano do que no de Cassirer), a Hermenêutica, a Mitopoética etc.

O SUICIDA E OUTRAS HISTÓRIAS CURTAS

 José Augusto Carvalho 

Um motorista preconceituoso que se diz sem preconceitos; um marido que desconhece ser traído e castiga duramente o filho por sabê-lo traído; uma adolescente que sonha sair e namorar, mas é impedida pelo machismo do irmão e do pai; uma criança desprezada pelos pais que choram o filho morto; um bêbado que exige ser tratado com dignidade são algumas das histórias aqui contadas.  Em todas, no entanto, o autor brinca com a linguagem e surpreende o leitor com achados linguísticos que mostram a versatilidade da língua portuguesa que falamos e amamos. Em suma, um livro de contos quase todos premiados em concursos de âmbito nacional que certamente encantarão o leitor, senão pela trama, ao menos pelas tiradas linguísticas que divertem e instruem.

PRÁTICA DE ANÁLISE SINTÁTICA COMENTADA

Carlos Laet de Oliveira

2021

270 páginas
 

Sinopse: Na obra, estão selecionados 400 textos de autores dos séculos XVI ao XXI, na intenção de prestar ao estudioso informações não apenas de análise sintática, senão também de interpretação daquilo que se lê e que não raro nos vem com pouca inteligibilidade. As observações gramaticais, que acompanham o que é analisado, servem de ferramenta para entendimento do que propõe o escritor na sua frase. Mesmo para os que não se dedicam ao estudo da matéria, há de servir este trabalho que visa assessorar o leitor - aquele que busca na palavra a opulência de nossa primorosa língua.

EBOOKS GRATUITOS

LITERATURA INFANTOJUVENL 2.jpg

LITERATURA INFANTOJUVENIL: LEITURAS E PERSPECTIVAS 2

Teresa Mendes
 

Sinopse: os ensaios que compõem este segundo volume de Literatura Infanto-juvenil: leituras e perspectivas, organizada pela professora Teresa Mendes (Instituto Politécnico de Portalegre, Portugal) servirão como aportes teóricos e práticos  tanto para educadores quanto para pais e mediadores de leitura nas séries iniciais, pois permitem saber sobre as práticas e as atividades com leitores nas séries iniciais desenvolvidas no âmbito da sala de aula e também no âmbito familiar, pois apresentam atividades e resultados eficientes das práticas realizadas em sala de aula, sempre tendo a preocupação de tornar o educando   sujeito do processo de leitura e desenvolvimento cognitivo.

Arquiterura e poesia no sistema das arte

ARQUITETURA E POESIA NO SISTEMA DAS ARTES

Erinaldo de Oliveira Sales

Sinopse: Neste livro, o autor analisa a situação da arquitetura e da poesia no âmbito das chamadas belas-artes a partir das considerações de três filósofos alemães: Immanuel Kant, Georg W. F. Hegel e Arthur Schopenhauer. Faz um percurso histórico sobre o desenvolvimento das belas-artes, a partir do mundo grego antigo, até culminar na filosofia alemã do século XVIII. Busca-se uma tentativa de entendimento de o porquê a poesia estar sempre numa posição elevada dentro da hierarquia do sistema das artes e a arquitetura figurar sempre na base dessa hierarquia.

OS ESPERANDOS: PIRATAS JUDEOPORTGUESES E EU... 

Angelina Muñiz-Huberman

Ester Abreu Vieira de Oliveira  - Maria Mirtis Caser (Tradutoras)

Sinopse: os ensaios que compõem este segundo volume de Literatura Infanto-juvenil: leituras e perspectivas, organizada pela professora Teresa Mendes (Instituto Politécnico de Portalegre, Portugal) servirão como aportes teóricos e práticos  tanto para educadores quanto para pais e mediadores de leitura nas séries iniciais, pois permitem saber sobre as práticas e as atividades com leitores nas séries iniciais desenvolvidas no âmbito da sala de aula e também no âmbito familiar, pois apresentam atividades e resultados eficientes das práticas realizadas em sala de aula, sempre tendo a preocupação de tornar o educando   sujeito do processo de leitura e desenvolvimento cognitivo.

VÍDEOS E COMENTÁRIOS

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

© 2020 EDITORA CAJUÍNA

contato@editoracajuina.com.br 
Cotia - São Paulo, SP