O brilho sensível do espírito absoluto: a arte em Hegel
×
O brilho sensível do espírito absoluto: a arte em Hegel
O brilho sensível do espírito absoluto: a arte em Hegel
preço sob consulta   Consultar
Maria Eveline Ramalho Ribeiro
ISBN: 978-85-54150-20-4
1a edição - 2018
130 páginas
R$ 54,00

Sinopse: Costurando de maneira bela e rigorosa, Eveline Ramalho instaura a possibilidade de compreender o belo artístico como expressão da liberdade. Uma obra de arte não é apenas o labor fabril de mãos que realizam uma tarefa mecânica. Ela é, antes de tudo, a expressão da liberdade humana que é capaz de fazer da arte um modo de pensar. Uma pintura, uma música, uma escultura, uma peça de teatro e uma poesia não são apenas produtos de natureza braçal. Todas essas manifestações artísticas põem em movimento o livre pensar do ser humano. É encantador para o leitor entrar em contato com um texto de escrita refinada e esclarecedora acerca do pensamento estético de Hegel. O Espírito não produz apenas pensamentos. O pensamento não elabora apenas a compreensão de que a água seja o princípio ordenador do universo. Ele também cria e inventa belos chafarizes em praças públicas. Podemos encontrar o Absoluto aqui na terra. A arte é o caminho revelador de que esse encontro é possível.